Cafeína

starbucks

Luciana estava um pouco confusa sobre a demora do seu café. Ela estava um pouco irritada ouvindo as coisas no seu iPod enquanto ficava fingindo que não pertencia àquele lugar. Mesmo que o seu pedido de um frappucino tall com uns três blends diferentes, sua camisa quadriculada, calça skinny e all star preto dissessem o contrário. Além disso, também havia o Ray-Ban sem grau e a franja que chegava logo antes dele, como se fosse uma moldura no seu rosto.

Ela chegou perto da atendente e colocou um sorriso simpático no rosto.

– Oi?

– Oi.

– Eu pedi dois muffins junto com o meu frappucino e ainda não recebi.

– Já chamaram o seu nome?

– Não, mas…

– Se não chamaram o seu nome, então o seu pedido ainda não está pronto.

– Já passaram mais do que quinze minutos…

– Sim, as vezes demora.

Luciana voltou para o lugar onde estava esperando, um pouco emburrada, enquanto continuava olhando para a direção da caixa.

Algum tempo depois eles apontaram na direção de uma garota que estava sentada com seus pais ali perto e lhe deram uma sacola grande. Um pedido para viagem que ela não tinha feito.

– Moça, licença, mas… Você tem certeza que meus muffins não sairam ainda?

– Qual o seu nome?

– Luciana. Pedi um frappucino e dois muffins, um de chocolate e um de blueberry.

Ela checou dentro do sistema por algum tempo e logo depois acenou negativamente com a cabeça antes mesmo de responder e Luciana já começou a se irritar.

Chegou a tirar os óculos Ray-Ban sem grau até.

– Moça, seu pedido já foi entregue.

– … Não tem como ele ter sido entregue, eu não estou com ele.

– Aqui está escrito que já foi entregue.

Foi então que outro dos atendentes resolveu interferir, vendo o quanto Luciana estava se irritando com isso.

– Pera, Marcia, você não deu os muffins para aquela garota?

– Que garota?

Luciana ficou olhando atentamente enquanto cruzava os braços na frente do corpo.

– Aquela garota que estava sentada ali!

– É, ué. Eu dei os muffins dela para ela. Ela saiu e foi embora.

– Mas ela não pediu isso, ela pediu um brownie para agora e um frappucino para viagem…

Marcia parou, olhou para a mesa onde estivera a outra garota e depois para a porta na direção por onde ela tinha saído logo depois de pegar os muffins.

– Mas que carão, gente! Ela saiu correndo com os bolinhos da garota!

Moral do dia: Se alguém roubar seus muffins, corra atrás da pessoa antes que ela fuja.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s