#OscarsSoWhite e o Problema com os Indicados desse Ano

oscar nominations

Já faz mais de uma semana que saíram os indicados para o Oscar 2015, a 87ª entrega de prêmios da Academia. Muito diferente do que aconteceu no ano passado, esse ano eu tive um grande desapontamento vendo a lista de nominados. Não somente porque alguns dos meus filmes favoritos não tinham recebido destaque mas também porque desde 1998 não é visto uma lista de indicados tão repleta de homens cis brancos. Não há nenhuma mulher (branca ou de cor) indicada para melhor diretora, ou fotografia, ou para qualquer uma das duas categorias de roteiro. Assim como não há nenhum ator ou atriz de cor indicado em nenhuma das categorias.

Isso é um problema.

Principalmente tendo em vista o grande pulo que tivemos no ano passado, com 12 Anos de Escravidão vencendo o grande prêmio da noite, Melhor Filme. Com a maravilhosa Lupita Nyong’o vencendo Melhor Atriz Coadjuvante, uma categoria que foi particularmente difícil na edição passada – June Squibb (Nebraska), Sally Hawkins (Blue Jasmine), Julia Roberts (August: Osage County) e Jennifer Lawrence (American Hustle). E ela venceu e fez aquele comentário excelente, ao final, sobre o fato de que os sonhos de todos são válidos. Que qualquer menina que sonhar com aquilo pode acreditar que um dia será realidade. O que os indicados para os Oscars dizem sobre isso? Que desde que você seja um homem e branco, você pode ter uma chance.

Esse é o grande problema da falta de representação de minorias dentro do Oscar. O que é mais engraçado ainda tendo em vista que o Neil Patrick Harris é o apresentador desse ano – um homem abertamente gay (outra minoria, mas a mais bem representada de todas elas). Era de se esperar que com essa escolha de apresentador e com os acontecimentos da edição passada (que foi apresentada pela Ellen Degeneres, uma mulher abertamente lésbica, inclusive) que os Oscars desse ano fossem ser melhores. Não foram.

A falta de representação dentro das nominações rendeu uma pequena-grande manifestação no twitter (onde mais?) com a hashtag #OscarsSoWhite onde eles iam na rede social e faziam uma piada com coisas que as pessoas que fizeram a lista original (que, se você não viu, pode ver aqui) devem ter pensado enquanto faziam seus votos. Alguns eram brincadeiras com Selma e outros eram comentários realmente sérios sobre os problemas que pessoas de cor (nisso não entram somente negros como também qualquer pessoa não-caucasiana) enfrentam dia após dia dentro desse ramo.

O recém citado Selma, inclusive, um dos melhores filmes que saiu no ano passado, foi altamente ignorado pela academia nas nominações, recebendo somente duas. O filme é dirigido por uma mulher negra (que seria a primeira mulher de cor a ser indicada a um Oscar de Melhor Diretor) e conta a história da luta de Martin Luther King pelo direito de voto igualitário aos negros em uma marcha da cidade de Selma até Montgomery, no estado do Alabama, em 1965. O filme tem praticamente tudo que a academia adora: é um marco histórico, é polêmico, tem uma acuracidade regular, os atores estão excelentes e está perfeitamente implantado no contexto atual dos Estados Unidos. Com os conflitos de Ferguson, o movimento do Black Lives Matter e tudo que aconteceu no último ano, era de se esperar um pouco mais de reconhecimento.

De qualquer maneira, ao invés de passar mais tempo reclamando sem falar de específicos, decidi que vou fazer a minha lista de indicados perfeita. É meio arrogante da minha parte achar que posso honrar a indústria cinematográfica (americana) do meu computadorzinho no Brasil, mas… Bom, eu vou fazer um trabalho melhor do que os membros da academia. Não vou fazer a lista inteira e nem ficar explicando item por item porque… Isso iria demorar séculos. Mas são algumas indicações de filmes e se alguém quiser uma explicação maior sobre algum deles pode me pedir por comentário aqui mesmo, ou pelo twitter, ou pelo facebook – qualquer lugar, na verdade!

BEST PICTURE (MELHOR FILME)

American Sniper The LEGO Movie 
Birdman 
Boyhood
The Grand Budapest Hotel 
The Imitation Game Gone Girl 
Selma
The Theory of Everything 
Whiplash

+ Snowpiercer + Under The Skin

BEST DIRECTOR (MELHOR DIRETOR)

Wes Anderson, The Grand Budapest Hotel
Alejandro G. Iñárritu, Birdman
Richard Linklater, Boyhood
Bennett Miller, Foxcatcher Ava DuVernay, Selma
Morten Tyldum, The Imitation Game

BEST ACTOR (MELHOR ATOR)

Steve Carell, Foxcatcher
Bradley Cooper, American Sniper Ralph Fiennes, The Grand Budapest Hotel
Benedict Cumberbatch, The Imitation Game David Oyelowo, Selma
Michael Keaton, Birdman
Eddie Redmayne, The Theory of Everything Chadwick Boseman, Get On Up

+ Jake Gyllenhaal, Nightcrawler

BEST ACTRESS (MELHOR ATRIZ)

Marion Cotillard, One Day, Two Nights Jennifer Aniston, Cake
Felicity Jones, The Theory of Everything Tessa Thompson, Dear White People
Julianne Moore, Still Alice
Rosamund Pike, Gone Girl
Reese Witherspoon, Wild

BEST SUPPORTING ACTOR (MELHOR ATOR COADJUVANTE)

Robert Duvall, The Judge  Bradley Cooper/Sean Gunn, Guardians of the Galaxy
Ethan Hawke, Boyhood
Edward Norton, Birdman
Mark Ruffalo, Foxcatcher
J.K. Simmons, Whiplash

BEST SUPPORTING ACTRESS (MELHOR ATRIZ COADJUVANTE)

Patricia Arquette, Boyhood
Laura Dern, Wild Jessica Chastain, A Most Violent Year
Keira Knightley, The Imitation Game
Emma Stone, Birdman
Meryl Streep, Into the Woods

BEST ORIGINAL SCREENPLAY (MELHOR ROTEIRO ORIGINAL)

Alejandro G. Iñárritu, Nicolás Giacobone, Alexander Dinelaris Jr., and Armando Bo, Birdman
Richard Linklater, Boyhood Justin Simien, Dear White People
E. Max Frye and Dan Futterman, Foxcatcher
Wes Anderson and Hugo Guinness, The Grand Budapest Hotel
Dan Gilroy, Nightcrawler

+ Craig Johnson and Mark Heyman, The Skeleton Twins + Paul Webb, Selma

BEST ADAPTED SCREENPLAY (MELHOR ROTEIRO ADAPTADO)

Jason Hall, American Sniper Elan Mastai, T.J. Dawe and Michael Rinaldi, What If
Graham Moore, The Imitation Game Gillian Flynn, Gone Girl
Paul Thomas Anderson, Inherent Vice
Anthony McCarten, The Theory of Everything
Damien Chazelle, Whiplash

(Desculpa, nessa eu não resisti comentar.)

BEST ANIMATED FEATURE (MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO)

Big Hero 6, Don Hall, Chris Williams, and Roy Conli
How to Train Your Dragon 2, Dean DeBlois and Bonnie Arnold
The Boxtrolls, Anthony Stacchi, Graham Annable, and Travis Knight The LEGO Movie
Song of the Sea, Tomm Moore and Paul Young
The Tale of the Princess Kaguya, Isao Takahata and Yoshiaki Nishimura

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s