O dia de rock (, bebê) já passou

Faz muito tempo que eu não faço postagens do Rotaroots, o último foi lá em agosto do ano passado (pqp, viu) quando eu falei sobre o que eu salvaria da minha casa se ela estivesse pegando fogo. Acho que a expectativa da possibilidade da minha casa estar pegando fogo e de que eu não seria capaz de salvar quase nada da minha lista – principalmente porque eu só teria dois braços e eu mal consigo carregar a minha gata com eles dois – fez com que eu ficasse traumatizada e esquecesse de fazer as postagens maravilhosas sugeridas por essa ferramenta.

Então eu decidi voltar. Como diria Roberto Carlos: ♫ Eu voltei ♫. E dessa vez pretendo fazer isso tudo funcionar (quantas vezes eu já disse isso?). Vai dar tudo certo, gente! Por isso, peguei o tema especial sugerido pelo Rotaroots no grupo do Facebook para fazer uma listinha das 5 10 músicas com os melhores riffs/solos de guitarra. Por melhores eu realmente não estarei falando de qualidade musical, até porque eu não sei nada sobre música e não tenho a menor capacidade de atestar o que é bom e o que é ruim nisso. Vou estar falando dos que eu mais gosto, yay! Sintam-se a vontade para me xingar nos comentários, se quiserem.

Para atestar ainda mais a minha falta de capacidade de falar sobre música, talvez algumas das músicas citadas ou não estejam dentro do gênero certo ou nem tenham um riff ou solo. Eu falo isso desde já – DISCLAIMER DA FALTA DE QUALIDADE DESSE POST – porque eu sou ruim nisso mesmo, rs. Estou mais tentando pegar uma lista de 10 músicas que eu acho legais e que podem ser algum gênero dentro do rock.

Certeza que vou passar vergonha com essa lista. Desculpa, meus fãs, mas eu sou noob. Outra coisa que eu acho importante citar aqui: Eu vou tentar escolher umas músicas diferentex. Não é que eu não goste de November Rain (Guns ‘N’ Roses) ou Stairway to Heaven (Led Zeppelin), mas é que essas músicas devem estar em todas as listas possíveis e imagináveis dessa temática.

1) Hocus Pocus – Focus

Seis minutos de música não é para qualquer um, então se prepara que esse é o começo da minha lista.

2) Going to Hell – The Pretty Reckless

Muita gente não gosta de The Pretty Reckless e eu entendo isso, ok. Mas eu gosto e essa é a minha lista então leave Taylor alone.

3) Bad Karma – Ida Maria

Vulgo, meu despertador atualmente e a música que define o meu estado de espírito.

4) Time Is Running Out – Muse

Eu nem gosto tanto de Muse assim, mas essa música é um verdadeiro achado.

Bônus: Time Is Running Out / Supersonic – Muse / Oasis (por The Pretty Reckless)

Olha ela de novo, ok. Além disso, um mash-up maravilhoso de duas músicas ótimas, ok, e eu também nem gosto tanto de Oasis assim.

5) The Phoenix – Fall Out Boys

Melhor música do melhor álbum, sorry not sorry.

6) ANTI LOVE SONG – BETTY DAVIS

A lista estava muito caucasiana, então decidi colocar um pouco de cor com a maravilhosa Betty Davis. Podem ouvir tudo dela que ela é incrível, ok.

7) HOW DO YOU LIKE ME NOW? (FEAT. THE DAP-KINGS HORNS) – THE HEAVY

Uma paixão: The Heavy. Outra paixão: Quando eles pegam outras bandas e fazem parcerias.

8) Rosalita – Bruce Springsten

Música para cantar aos berros no banho.

BÔNUS: A Discografia inteira do Bruce Springsteen porque não é a toa que ele é o Rei nos states.

9) We Don’t Need Another Hero – Tina Turner

Tina Turner rainha, você que não conhece nadinha. Além disso, vamos na onda de Mad Max para lembrar de quando a Tina Turner estava tanto no filme quanto na trilha sonora dele, ok.

10) La Nuova Gioventù – Legião Urbana

Minha música favorita da Legião para terminar <3. E, no fim, acho importante ressaltar que todo dia é dia de rock, bebê.

O que eu salvaria da minha casa se ela estivesse pegando fogo?

casa

Recentemente eu entrei em um grupo de blogueiros chamado Rotaroots! Uma amiga minha, a Mareska (do Eu li, e agora?) me indicou para entrar exatamente porque eu muitas vezes não fazia ideia do que postar. O grupo, afinal, é muito legal! Sendo uma roda coletiva de blogs, dá para ver muitos blogs de gente muito interessante e ler muita coisa legal. Além de, claro, os temas. Nesse mês tem vários temas interessantes, mas o que mais me chamou a atenção foi a sugestão de pensarmos nas coisas que salvaríamos das nossas casas caso ela estivesse pegando fogo.

Eu nunca nem parei para pensar nisso, a ideia de um incêndio na minha residência passa bem longe da minha cabeça. Vou até bater na madeira para evitar a má sorte e não atrair um incêndio por estar escrevendo sobre. Mas, com sorte ou azar, vamos a minha lista!

Minhas Gatas – Katita e Pantera

Eu tenho duas gatas muito lindas e xuxus que são meus grandes amores nesse mundo. A mais velha, Katita, tem oito anos de vida e é a maior Lady Rainha dessa casa. Ela gosta de carinho o tempo todo e de ser carregada para todos os lados. Humanos estão todos fadados a servi-la em todo o tempo e penteá-la para que seu problema de caspa seja detido e ela não tenha coceira. Já Pantera é a a mais novinha da casa com cinco anos. Ela é toda preta e tem um medo absurdo de todo ser humano existente no universo. Achamos que antes dela vir aqui para casa ela foi maltratada e por isso fazemos o máximo de questão de dar carinho o tempo todo para ela. Tirando quando ela desaparece por horas a fio escondida nas sombras da própria vilania.

Minha Irmã (é uma coisa, uma mala-sem-alça) – Beatriz

Beatriz é a minha irmã mais nova, de 16 anos, que é uma grande mala-sem-alça. Mas, ainda assim, eu iria salvá-la em um incêndio porque eu sei que como um objeto inanimado (só brincando, gente, por favor), ela não iria conseguir se salvar sozinha. Ela tem dois modos de operação: O modo criança chata e o modo felino inconstante. No modo criança chata ela volta a ser uma criança de 10 anos e fica torrando a paciência em todos ao redor. No outro modo ela fica minimamente agradável, como toda mala-sem-alça que se preze.

Meu Laptop

Fiel companheiro de alguns anos já, meu laptop é o meu porto seguro inseparável dentro dessa residência. Mesmo com ele estando com alguns defeitos no teclado, eu faria questão de levá-lo comigo no caso de um incêndio porque tem muita coisa dentro dele que eu preciso salvar! Gráficos, textos, filmes e séries, documentos, etc. Coisas que são importantes para mim e eu não tenho um backup ainda. (Talvez seja bom fazer um agora já que eu to aqui escrevendo sobre incêndio, né.) Mas além disso eu gosto muito dele. Meu primeiro computador que é meu mesmo, ele é grande, as vezes desconfortável, as vezes esquisito, mas é meu.

Box Comemorativa de The Sopranos

Uma caixa linda, maravilhosa que eu comprei para mim mesma de aniversário com todas as temporadas do meu seriado favorito. Eu vou salvar porque é uma das minhas metas para esse ano terminar de rever a série – o que tem sido bem difícil por conta de todas as complicações que tive de laptop, DVD, televisão, afazeres, etc. Muito complicado. Mas a série é maravilhosa e é uma das melhores coisas!

Meus Dois HD’s Externos

Eu tenho dois HD’s de 2 teras que tem a minha vida inteira guardadas lá dentro, praticamente. Certamente salvá-los em um incêndio é muito importante para mim. Não só pelas coisas que tem dentro, mas também pelo valor emocional que eles tem para mim. Há vários textos lá dentro que eu nunca mostrei para ninguém, vários filmes e séries que tem um grande valor emocional para mim e que eu gosto de ter à mão. Diversas fotografias e gráficos que são muito interessantes de rever depois, até para eu entender meu processo nessas coisas ou retrocesso. Eu certamente os salvaria em um incêndio se, bom, eu os achasse na hora do fogo já que eles sempre têm a capacidade de sumir nas horas mais necessárias.

Mr. Nevaska

O Mr. Nevaska é o meu urso de pelúcia enorme com qual eu dormia até alguns meses. Pode soar uma coisa bem idiota, mas ele tem um grande valor emocional para mim e eu certamente iria querer tê-lo comigo para sempre. Hoje em dia ele mais fica no meu quarto do que dormindo comigo por um motivo: Tá cada vez mais quente nessa cidade. E dormir com um urso peludo do lado quando se está 40 Cº do lado de fora não é algo nada fácil, digo logo.

Caixa de Lembranças

Desde o começo do ano eu comecei um projeto de uma caixa de lembranças felizes, para eu guardar coisas que me lembram de momentos bons que eu tive durante o ano. É uma forma de, em momentos ruins, eu não acabar me deixando ficar melancólica e me foque no que aconteceu de bom. Isso certamente seria algo que eu iria salvar em um incêndio porque é algo muito especial para mim. Muito mesmo. Acho que nem preciso explicar porquê, só de ver o que tem e o que se chama já dá para entender porque é especial.

Meus Harry Potter

Para finalizar a lista eu iria colocar os meus livros – todos – do Harry Potter. Eu evitei colocar livros aqui porque eu sou uma pessoa terrível que não se agarra muito aos livros. Se eles forem queimados, eu compro outros.