Você quer bolo? Aqui tem!

Eu sempre tive uma grande paixão: Bolo. Eu amo bolos. Amo comer bolos, amo a ideia de fazer bolos (apesar de eu não exatamente saber como se faz um bolo), amo decorar bolos e, também tirar foto de bolos – e postar para falar sobre esse doce maravilhoso! Que é o melhor doce do mundo, como todo mundo sabe!

Então já fazia algum tempo que eu estava com a ideia de abrir um instagram (principalmente depois de ter falado sobre como essa rede social é a minha favorita aqui) e ai eu finalmente inaugurei a minha ideia na semana passada. O Sommelier de Bolo (@sommelierdebolo) é para fazer review de, claro, bolos – mas também vou fazer de outros doces porque eu não tenho nenhum foco mesmo, então pra que tentar fingir que tenho, não é?

Para anunciar o instablog aqui no Coisas Desiguais, o meu blog lindinho, eu decidi fazer mais uma lista de instagrams que falam desse assunto – bolos ou doces. Sem mais delongas, a lista!


A Whipped Cake é uma confeitaria de Brisbane, na Australia, que faz alguns dos bolos mais maravilhosos que eu já vi na minha vida. Eles são todos incríveis e exatamente no estilo que eu mais gosto. Sem muito requinte exagerado, sem muito enfeite, sem muita zoeira e só aquele sabor mais do que delicioso de um bolo fenomenal.


Tem coisa mais gracinha? O Cuppy and Cake é um dos meus blogs favoritos para ver bolos principalmente por conta do estilo super delicado das coisas que eles publicam. Se você gosta desse tipo de “culinária arte” então aqui é o lugar para procurar! Inclusive, recentemente eles fizeram uns cookies do Pusheen que são oficialmente o MEU SONHO DE CONSUMO. Não sei porque não os tenho comigo nesse momento, honestamente.


O Tastemade já era fenomenal na versão americana (que super vale a pena olhar se você gostar de ficar para sempre obcecado por vídeos de comida), então agora chegando na versão brasileira fica incrível (novamente, obcecado por vídeos de comida!). Além de fazerem aqueles vídeos maravilhosos (!!!!!!) que a gente adora compartilhar no facebook, eles também publicam receitas e na versão BR tentam incorporar sempre coisas brasileiras nas receitas, assim como a sua versão do buzzfeed, o Tasty Demais.


A Unbirthday Bakery é também fenomenal, tal como a Whipped Cake. Isso deve ser alguma coisa de doceiras australianas, porque a confeitaria também fica na Austrália, mas em Sidney. Eu cometi o erro de entrar no site deles e lá tem os preços (que não são caros!) e estou quase querendo ir para a Austrália só para encomendar um bolo. Vai dizer que você não queria uma coisa dessas só para você? A melhor parte: Eles não usam fondant em nada (e eu não gosto de fondant, apesar de achar lindo).


A Magnolia Bakery, que está para abrir a sua primeira filial no Brasil (que infelizmente é em São Paulo, grrrrr) é um verdadeiro sonho de consumo meu. Tudo que eles tem lá é lindo e parece gostoso, mas todo mundo sempre me diz que é maravilhoso MESMO. Porque, né, tem aquelas coisas que parecem gostosas e todo mundo sempre me diz que não são (tipo Cake Boss, infelizmente). Sério, ok. OLHA ESSES CUPCAKES. Não dá uma vontade de lamber a tela?


Rocambole de pizza? Tem no feed da Gordelícias! Além de ser um blog super gracinha e que me fez stalkear a Raquel Arellano em todas as redes sociais (basicamente), o Gordelícias tem um feed maravilhoso no instagram. Ela alterna muito bem entre as fotos das receitas deliciosas, indicações de onde comer e ainda aquele drops de vida de verdade que a gente sempre gosta de ver no conteúdo. É muito legal, sério!


Quer mais? Vai lá no Sommelier! :P

Anúncios

Me taggeia aí!

instagram

Desde que eu abri a minha conta no Instagram, essa rede social se tornou não só a minha favorita como também uma grande paixão. Eu leio sobre, sigo milhares de pessoas do mundo inteiro e até trabalho com Instagram. Cuidar de mídias sociais é muito interessante, divertido e nada fácil, mas eu gostaria muito de ficar só no Instagram o tempo todo. Criei a página do Facebook há pouco tempo e todos os dias surto um pouco pensando se vocês estão gostando do conteúdo da página ou se estão detestando tudo, rs. Com o Instagram, não tem esse problema. Fotos são um bom conteúdo, uma boa forma de se comunicar com as outras pessoas.

Além do que: Eu não sou profissional de fotografia, mas eu adoro tirar fotos. Principalmente #selfies.

Com esse pensamento da minha rede social favorita eu pensei em chegar aqui e fazer uma postagem sobre 10 perfis no Instagram que acho incríveis! Tanto por terem um conteúdo maravilhoso quanto fotos muito boas. Esse post talvez fique bastante pesado por conta das fotografias, então peço paciência. Para entrar no perfil basta clicar na foto, já que não consegui colocar o script do site no wordpress. Senta aí que lá vem lista!


O Daily Overview é, de longe, o meu ig favorito atualmente. Eu amo a ideia de poder ver paisagens do mundo inteiro com outro tipo de olhar e essa página leva esse outro olhar às alturas. Eles fazem um trabalho de colocar imagens do topo, sempre, do mundo inteiro, com altíssima qualidade e dedicação. Vale a pena conferir!

Essa foto é da cidade de Guadalajara, que é a segunda mais populosa cidade do México.


Tem alguns feeds pessoais que eu gosto muito de seguir porque me inspiram com as fotografias, mesmo selfies e imagens do dia-a-dia. O ig da Katarzyna Napiórkowska não é muito atualizado, mas eu gosto bastante do estilo das imagens que ela coloca e da maneira como ela divulga o seu trabalho – em fotografia e filme – por meio da mídia digital. Além do que, ela é linda demais.

Outras páginas mais pessoais que também são legais para caramba: @anthonioandreazza@chrisspy, @nestreya, @eliz_kim e @omundodejess.


Tem alguns feeds que simplesmente são lindos por razão de estética. Pessoas que se apaixonam por alguma coisa e decidem ilustrar isso nas suas contas. O I Have This Thing With Floors é uma página só com fotos do chão e de pés, estética pura e completa. Ainda assim, as fotografias me inspiram todas as vezes que me sinto travada. Eu cheguei a tentar tirar algumas nesse estilo, mas nunca deu tão certo, rs. Mas fica muito bonito quando pessoas profissionais fazem HUAHEUAHUEAHU.


O MovedBy é um instagram de fotografias, principalmente das que retratam estilos de vida. Bem tradicional. Só que ele chama muito a minha atenção pela estética das pessoas que são fotografadas para os projetos. Primeiro porque são pessoas e imagens lindas, sempre. Depois porque são diferentes, são estilos de vida diferentes do meu, o que é mais do que ótimo! Se eu só quisesse ver gente igual a mim eu não ia seguir ninguém, não é?


Vai ter foto de casamento? Vai ter sim! O Two Birds Nest é um site especializado em fotos de casamentos entre pessoas LGBT+, principalmente casais lésbicos. O feed deles é lindo, cheio de amor e com fotos que vão marcar um dos dias mais felizes da vida deles. Eu não sonho em me casar, mas eu adoro ver foto de casamentos, porque sempre consigo sentir o quão especial essa data foi para todos eles. E olha essas duas lindas aqui do lado, vai dizer que não é maravilhoso?


O Assumindo o Rabisco é um feed maravilhoso criado pela designer Carol Porto, que também é uma maravilhosa. Ela faz desenhos de frases e quotes no seu caderno e todos eles ficam uma G R A C I N H A que dá um gosto enorme de seguir! Recentemente ela conseguiu 500 seguidores do instagram, o que faz um feed pronto para bombar! Ah, e as vezes ela posta um pouco da gatinha dela, a Belinha, que é uma das gatinhas mais fofas que eu já tive a honra de conhecer.


O Um Cartão é um feed para levantar o seu ânimo quando estiver triste. Com mensagens positivas e cheias de bombas de autoestima. A ideia são pequenos cartões para você entregar tanto para outras pessoas (marcando-as) ou para si mesmo, como pequenos recados interessantes de se ler. Além de eu adorar tipografias, também adoro receber uma dose de coisas positivas logo no começo do dia!


Vai ter mais ilustração? Essa é a última dica, prometo. O instagram da Cajila Barbosa, designer e ilustradora é cheio de ilustrações maravilhosas, cheias de cores e traços incríveis! Ela já tem uma boa quantidade de seguidores, mas quanto mais melhor, não é? Ela também não posta com muita frequência, mas quando posta sempre dá uma felicidade de ver. Essa do Bowie, por exemplo, dá um apertinho no coração de lembrar, mas não dá para parar de olhar ao mesmo tempo.


Eu sigo vários instagrams de cachorros. VÁRIOS. MUITOS MESMO. Mas decidi selecionar o It’s Polenta para essa postagem porque eles tem um feed constante, sempre com atualização, e poucos followers! A Polenta é uma cachorrinha linda demais que adora tirar fotos e tem até um amigo gato. Eu acho que ela é brasileira, mas não tenho certeza. Só sei que tem muitos produtos da Zee Dog (loja maravilhosa para bichinhos, sempre quis) e uma coleção de bichinhos de pelúcia de dar inveja!

Um outro feed de cachorro que eu adoro é o da @miudafrenchie, que já é mais conhecido mas tão gracinha quanto. Mas apesar de eu não ter colocado na lista, eu sigo milhões de igs de gatos também! Vou ver se faço uma lista só para eles depois. Menções honrosas felinas: @catinberlin, @canseidesergato_, @gatolandiaresort e ainda muitos outros.


Por último, mas não menos importante, Turbo The Hedgehog é uma gracinha que habita os feeds de mais de sessenta mil pessoas. Ele é um ouriço e só isso já poderia ser esquisito o suficiente, mas ele é um ouriço africano que mora no Japão. E ele tem vários utensílios domésticos do tamanho dele, o que deixam as fotos muito divertidas e gracinhas, acima de tudo. Eu sou apaixonada por ouriços, lontras e furões então ter o Turbo no meu feed sempre me deixa mais feliz. Até porque OLHA COMO ELE É FOFINHO!

Outros feeds de animais ~diferentões~ que também são legais: @prairiedogpack@fuzzberta, @joejoe_the_capybara e @ferret_rules.

Melhor, Pior, Um pouco

melhor

Um pouco melhor do que ontem.

O dia seguinte sempre parece um pouco melhor do que ontem. Sempre parece um pouco diferente do que ontem. Sempre parece um pouco mais novo do que ontem. Mesmo que nada mude, mesmo que tudo fique igual. Mesmo que eu faça as mesmas coisas e mantenha a mesma rotina. Mesmo que eu não faça tudo o que eu disse que ia fazer, como antes. Mesmo que eu continue fazendo o que eu disse que não ia fazer.

Eu disse para mim mesma que iria parar de pensar em você. Porém, isso é algo que nunca muda do dia de ontem para o dia de hoje. É algo que eu nunca vou conseguir mudar, pelo meu entendimento da questão. Mas eu esperava que o conhecimento do fato fosse me ajudar em alguma coisa. Eu esperava que o saber dessa situação fosse me deixar, ao menos, mais confortável.

A sensação de nervoso, agora, toma conta. Um medo de que nada nunca vai poder ser como eu quero que seja, como eu gostaria que fosse. Uma ânsia de conseguir falar as coisas que não consigo falar – ou que não devo falar. Uma dor de estar presa dentro dessa situação da qual não conseguia me livrar ou me sentir suficiente para estar dentro. A sensação de inadequação de sempre me sentir a segunda opção. A agonia de sentir tanta coisa e não conseguir falar nada sobre, de sentir tanta coisa e saber que eu não devia falar sobre nada disso.

Como uma mão ao redor da minha garganta, eu só me sinto afogar dentro dessas sensações cada vez mais. Entretanto, ao mesmo tempo, eu me sinto melhor do que ontem. Como se, enquanto eu fazia isso tudo, eu só conseguisse criar mais um pouco de uma espécie de sensação de sobrevivência. Se eu podia sobreviver a isso, eu podia sobreviver a qualquer coisa.

Os números de 2014 por WordPress

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2014 deste blog. E eu gostei tanto desse relatório que eu decidi que iria publicar no blog de verdade ao invés de só ficar olhando. Isso porque, apesar de tudo que aconteceu durante esse ano, eu consegui manter algum tipo de regularidade. Uma bem temporária, bem ridícula, bem pendente, bem difícil de manter, mas, ainda assim… Era uma promessa que eu tinha feito durante o meu ano de 2014 e estou bem feliz com o resultado.

Eu não esperava, quando eu comecei o blog, que eu fosse conseguir tantas visualizações ou tantos posts sendo feitos. Não esperava que eu fosse receber tantos feedbacks positivos sobre as coisas que eu escrevo, tantas pessoas que tiraram seu tempo para ler as besteiras (ou não) que eu escrevo aqui. E eu só queria que o ano de 2015 fosse ainda melhor, com menos intervalos, com mais reviews e mais contos – felizes ou tristes. E que tenha menos machismo, menos homofobia, menos transfobia, menos problemas, menos guerras e mais felicidade para todos e qualquer pessoa que precise.

Um feliz ano novo para todos vocês. Que o 2015 de vocês seja tão bom quanto o meu vai ser. (Eu espero).

Aqui está um resumo:

Um bonde de São Francisco leva 60 pessoas. Este blog foi visitado cerca de 810 vezes em 2014. Se fosse um bonde, eram precisas 14 viagens para as transportar.

Clique aqui para ver o relatório completo

Metas e Objetivos

metas

Eu, no primeiro post desse blog, citei que tinha começado esse ano com uma lista de objetivos que eu tinha como desejo cumprir até o final do mesmo. Como geralmente acontece com essas listas, já estou na metade do mesmo e não cumpri nem metade das minhas metas. Não é nem por uma questão de preguiça ou qualquer coisa do tipo, é só porque grande parte delas não são tão simples de serem feitas quanto pareciam quando elaborei a lista.

Mesmo assim, elas estão lá esperando para serem cumpridas. Uma delas, a que eu mais tenho me esforçado para cumprir, ainda está sem final e é referente a esse blog. Ela fala especificamente de eu conseguir ter uma regularidade de postagens, sem ficar perdendo tempo um faltando com as minhas “obrigações” dentro do blog. Conseguir postar todos os meus dias sem ficar enrolando e tudo mais. Algo que eu definitivamente não consegui.

Quando foi pelo motivo de viagem eu me perdoei por não ter postado aqui em nenhum dos dias da mesma. Estava aproveitando bastante o meu tempo fora de casa para aproveitar os amigos que fiz lá e aproveitar o ambiente diferente. Não havia tanto tempo para internet assim. Entretanto, nas semanas anteriores diversos dias que deveriam ter uma postagem não as tem. Isso, admito, muitas vezes aconteceu por preguiça e algumas vezes aconteceu simplesmente porque a carga do blog é grande demais para os meus horários.

Com esse pensamento, decidi alterar a maneira como escrevo aqui no On The Road, Coisas Desiguais para duas postagens semanais. A coluna que será “desmanchada” será a de segunda feira, de ficção. Ela, na verdade, não seria jogada fora, mas colocada junto com essa coluna de sábado. Quando eu tiver alguma coisa de ficção para postar no sábado e não tiver uma coluna de reclamações (risos -q) ou coisas que eu acho interessantes de falar, postarei essa coisa de ficção. Quando não tiver, postarei a coluna normal. A de quarta-feira continuará da mesma maneira.

Mas não basta eu decidir mudar a forma como estou escrevendo no blog, preciso também saber se isso vai funcionar para mim. E também queria saber o que vocês estão achando das postagens! Alguma sugestão? Alguma ideia de como melhorar? Acha tudo uma bosta e eu deveria ter vergonha de postar o que eu posto? Pode mandar o feedback aí que eu gosto.